Mostrando postagens com marcador Cultura. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cultura. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

O homem do tempo no V Encontro de Burrinhas,Caboclinhos,Catiniras e Maracatus de Pernambuco

Manoel Kiô, "o homem do chapéu branco, o homem do tempo"
Foto: Enio Andrade
Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Programação do Carnaval de Pernambuco:13 de fevereiro

Convite: V Encontro de Burrinhas, Caboclinhos, Catirinas e Maracatus de Pernambuco.
Local: Centro da Cidade de Bom Jardim - PE
Data: 13 de fevereiro 2018
Início:8:00 horas
Classificação:Livre



Professor Edgar Bom Jardim - PE

Bloco dos Músicos de Bom Jardim vai desfilar nesta terça-feira

O Bloco dos Músicos começa a concentração às 19:00, saindo da frente da sede do Grêmio Lítero Musical Bonjardinense. O desfile vai acontecer  pelas 20:00 horas.  Participem!
Professor Edgar Bom Jardim - PE

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

A festa religiosa de São Sebastião de Bom Jardim

A maior festa religiosa de Bom Jardim, no Agreste pernambucano, celebrada na última sexta-feira (02), levou uma multidão as ruas da cidade para venerar a memória de um dos santos mais populares do mundo católico, São Sebastião, aclamado como co-padroeiro do município.


O novenário preparatório transcorreu no período de 24 de janeiro a 01 de fevereiro, com recitação do Santo Terço, Oração da Novena, Procissões e Celebrações da Eucaristia, na Capela de São Sebastião (Centro), refletindo a temática “Missão: Servir Sem Medo”.

A festa, tradicionalmente celebrada no dia 02 de fevereiro, é resultado do livramento da terrível peste bubônica, que assolava toda a região, em meados de 1925. Conforme a tradição do lugar, a peste bubônica atingiu a Vila de Queimadas, hoje município de Orobó, consequentemente a Comunidade de Tamboatá, as imediações do Engenho Passassunga, e a Comunidade de Bizarra.

Em decorrência do temor e da preocupação causados pela peste, surgiu a ideia de fazer uma promessa para evitar a terrível ameaça. O Sr. Napoleão Gonçalves Souto Maior, sugeriu à Dona Maria de Jesus, sua esposa, fazer uma promessa a São Sebastião, para interceder a Deus contra a peste bubônica, já que o santo mártir é protetor contra as epidemias, fome e guerra. Auxiliados por Dona Júlia do Nascimento e a Senhorita Otília Engrácia de Oliveira (Tila), em 1926, foi realizada a primeira Missa/festa em honra a São Sebastião.


A programação religiosa da última sexta-feira (02), dia da festa, contou com alvorada festiva, Missa Solene, presidida pelo Padre Antônio Inácio Pereira, Vigário Geral Diocesano, e concelebrada pelos Padres Artur Alexandre, Amaro Manoel, Severino Fernandes e Jorge Sousa, Celebração da Eucaristia (às 15h30), presidida pelo Padre Francisco do Nascimento, procissão com as imagens de São Sebastião e Nossa Senhora da Saúde, percorrendo as principais ruas da cidade, sermão de encerramento e bênção do Santíssimo Sacramento, conduzida pelo Padre Antônio Valentim.


Há 92 anos que Bom Jardim festeja o soldado romano convertido ao cristianismo, que morreu martirizado por testemunhar sua fé em Jesus Cristo, celebrado pela Igreja no dia 20 de janeiro.
Por Bruno Araújo - Matriz de Sant'Ana.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Grêmio Lítero Musical Bonjardinense acompanha procissão de São Sebastião

Registr@ Edgar Severino dos Santos. Sexta-feira,  02 de fevereiro, 2018.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Lia de Itamaracá - Patrimônio Vivo


Vídeo:Professor Edgar entrevista Lia de Itamaracá em Bom Jardim -PE.
 Gravado em 2005.
https://www.youtube.com/watch?time_continue=143&v=-K3k2qupKMM
Conheça mais:
Lia de Itamaracá.


Maria Madalena Correia do Nascimento nasceu no dia 12 de janeiro de 1944, na ilha de Itamaracá, Pernambuco. 
Sempre morou na Ilha e começou a participar de rodas de ciranda desde os 12 anos de idade. Foi a única de 22 filhos a se dedicar à música. Segundo ela, trata-se de um dom de Deus e uma graça de Iemanjá.

Mulher simples, com 1,80m de altura, canta e compõe desde a infância e hoje é considerada a mais famosa "cirandeira" do Nordeste brasileiro.

Trabalha como merendeira numa escola pública da rede estadual de ensino e, nas horas vagas, dedica-se à musica e à 
ciranda, além de cantar e compor cocos de roda e maracatus

A compositora Teca Calazans foi uma das primeiras pessoas interessadas na cultura popular nordestina a descobrir o seu talento e acabaram fazendo alguns trabalhos em parceria, como o resgate de músicas em domínio público e composições.

Maria Madalena c
omeçou a ficar conhecida como Lia de Itamaracá, nos anos 1960 e é a fonte de um refrão famoso, recolhido pela compositora Teca Calazans: Oh cirandeiro/cirandeiro oh/ a pedra do teu anel brilha mais do que o sol. A estes versos Teca incorporou uma toada informativa, que também teve grande sucesso: "Esta ciranda quem me deu foi Lia/ que mora na ilha de Itamaracá".
Em 1977, Lia gravou seu 
primeiro disco, intitulado A rainha da ciranda,não recebendo, no entanto, nenhum pagamento pelo trabalho.
Mais de d
uas décadas depois foi redescoberta, quando o produtor musical Beto Hees a levou para participar do festival Abril Pro Rock, realizado no Recife e em Olinda, em 1998, onde fez grande sucesso e tornou-se conhecida em todo o Brasil. Antes ela só era famosa em Pernambuco e entre compositores e estudiosos da cultura popular nordestina.
Em 2000, saiu seu CD 
Eu Sou Lia, lançado pela Ciranda Records e reeditado pela Rob Digital, cujo repertorio incluía coco de raiz e loas de maracatu, além de cirandas acompanhadas por percussões e saxofone.
O CD acabou sendo 
distribuído na França por um selo de world music e a voz rascante de Lia chamou a atenção da imprensa internacional, que começou a batizar suas canções de trance music, numa tentativa de explicar o “transe” que o som causava no público.
Mesmo obtendo um sucesso tardio, fez turnês internacionais obtendo muitos elogios. O jornal 
The New York Times a chamou de “diva da música negra”.

No Brasil, Lia também conquistou mais espaço. Participou com uma faixa no CD Rádio Samba, do grupo Nação Zumbi, teve seu nome citado em versos dos compositores pernambucanos Lenine e Otto, e críticos de música a comparam a Clementina de Jesus.

As cirandas pernambucanas de Lia são cantadas por muitos.

Referencial da cultura pernambucana, Lia de Itamaracá, hoje, é uma das lendas vivas do Estado e continua morando na ilha de Itamaracá.


Lúcia Gaspar

Bibliotecária da Fundação Joaquim Nabuco
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

CULTURA:Inscrições do 3º Prêmio Ariano Suassuna são prorrogadas até o final de janeiro


A Secult-PE/Fundarpe adiaram para o dia 31 de janeiro o término das inscrições do 3º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia, cujo edital foi lançado no último dia 3 de novembro de 2017. A premiação contemplará, na área de Dramaturgia, obras inéditas nas categorias: Teatro Adulto, Teatro de Animação e Teatro para Infância. Já no segmento de Cultura Popular, o prêmio será concedido a Mestres e Mestras, além de Grupos/Comunidade com experiência na transmissão dos saberes e fazeres, dedicadas às expressões artísticas ou culturais populares, com reconhecimento da comunidade onde vivem. Ao todo, serão distribuídos R$ 151.000 em prêmios nos dois segmentos. Para mais detalhes, acesse: goo.gl/3sYfEk.
Fonte: cultura.pe.gov.br
Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Carnaval do Recife 2018. Veja Programação


O Carnaval 2018 do Recife terá, no Polo Marco Zero, shows de artistas como Lenine, Fafá de Belém, Paralamas do Sucesso, Gaby Amarantos, Monobloco, Fundo de Quintal, Natiruts, Skank, Nando Reis, Almir Rouche, Elba Ramalho, Alceu Valença, Spok e Getúlio Cavalcanti.Os homenageados deste ano serão Nena Queiroga e Jota Michiles. (Confira a programação abaixo)

A programação e os detalhes foram divulgados em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (9), no Paço do Frevo, localizado no Bairro do Recife, na área central da capital pernambucana. Serão duas mil apresentações espalhadas em 43 polos, quatro a menos que no ano passado. Esse total de apresentações é para o período pré-carnavalesco, que começa nesta terça e segue até 8 de fevereiro. Em um segundo momento, serão divulgados os esquema de segurança, transporte, limpeza urbana e saúde para os foliões. 

As grandes atrações nacionais também animarão a festa dos polos descentralizados. No dia 11, a partir das 20h, Fafá de Belém levará sua alegria para o Cordeiro. No mesmo dia, Nando Reis se apresenta na Lagoa do Araçá, às 22h20, e Luiza Possi sobe ao palco de Brasília Teimosa, às 20h. O pop do Jota Quest vai embalar o público de Campo Grande, no dia 12, também às 20h. No mesmo dia 12, Antônio Nóbrega se apresenta na Lagoa do Araçá, a partir das 20h, e Gaby Amarantos chega ao Ibura, às 22h40. O Nação Zumbi tem shows marcados nos dias 11 e 12, nos polos de Brasília Teimosa e Várzea, às 22h20 em ambos.
E para quem não aguenta esperar até soarem os primeiros clarins de Momo, a Prefeitura do Recife anunciou que o Carnaval começa nesta terça (9). A cidade irá desfrutar de uma programação quase diária de prévias carnavalescas, entre acertos de marcha, Terça Negra Especial de Carnaval, ensaios de maracatu e encontro de ternos de Caboclinho e Tribos de Índios. No total, serão 39 encontros que prometem fazer a alegria de foliões e turistas nas comunidades, no Pátio de São Pedro, Rua da Moeda, Marco Zero, Praça do Arsenal e Cais da Alfândega.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, destacou o clima de Carnaval já vivido pelas ruas da capital. "Teremos mais um grande carnaval com mais de 40 polos na cidade e a presença de artistas pernambucanos e recifenses se apresentando. Vai ser uma grande festa. Está tudo preparado e a cidade já está em clima de Carnaval", afirmou o prefeito. "Vamos receber muitos turistas, pois este ano teremos recordes de voos nacionais e internacionais no nosso Aeroporto", finalizou.

A cantora Nena Queiroga se disse honrada com as homenagens. "Estou sendo 'mulherageada' e vou levar minhas amigas mulheres comigo para fazer muito barulho. Estou muito feliz e agradecida. Podem ter certeza que vocês vão ter um espetáculo grandioso", falou.

Outros nomes do cenário local também já estão confirmados na festa, como Antônio Nóbrega, Antúlio Madureira, Banda de Pau e Corda, Cascabulho, Café Preto, Cibele do Cavaco, Família Salustiano, Getúlio Cavalcanti, Maestros Duda, Edson Rodrigues, Formiga, e Forró, Mundo Livre, Nação Zumbi, Orquestra Contemporânea de Olinda e César Michiles, entre outros. 

Projeto gráfico
O projeto gráfico, assinado pelo arquiteto Carlos Augusto Lira, terá a linguagem visual do cartum, com assinatura de humoristas gráficos locais como Mascaro, Samuca, Ronaldo e João Lin. "Todas as ruas terão um apelo grande de fitas, por questão de custos. Teremos quatro grandes portadas nas pontes do Limoeiro e Giratória, na rua Marquês de Olinda e avenida Rio Branco", afirmou Carlos Augusto. Cada portada homenageará um ritmo: frevo, maracatu, caboclinhos e afoxé. Os foliões poderão ganhar caricaturas assinadas pelos artistas na iniciativa "De Cara na Folia".

Encerramento
O tradicional encerramento da festa, no dia 13 de fevereiro, será comandando pelo "orquestrão" composto por Maestro Forró, Almir Rouche, Elba Ramalho e Alceu Valença. O investimento em todo o ciclo carnavalesco é de R$ 26 milhões, dos quais R$ 7 milhões são de recursos captados junto à iniciativa privada.

Redução no número de polos
Em relação à diminuição da quantidade de polos, o diretor-presidente da Fundação da Cultura do Recife, Diego Rocha, esclarece que foi motivada por causa de uma queda no total de investimentos. "Estamos investindo um pouco a menos que no ano passado. Tínhamos em 2017 um total de R$ 27 milhões e este ano são R$ 26 milhões, dos quais R$ 19 milhões são da prefeitura e o restante da iniciativa privada. Conseguimos manter o total dos patrocinadores, mas tivemos que diminuir o número de polos. São polos espalhados em toda a cidade e temos artistas para dar conta de todos", explicou. Do total de polos, 19 são descentralizados.

Polos infantis

A festa terá cinco polos infantis: nos parques Dona Lindu, Santana, da Macaxeira e Jaqueira, com apresentações nos dias 12 e 13, das 15h às 20h; e no Paço Alfândega, de 11 a 13, das 15h às 20h.

Confira a programação do Polo Marco Zero:
Sexta-feira (9)
Frevo Mundo
Nena Queiroga
Jota Michiles
Spok Frevo Orquestra
André Rio

Sábado (10)
Marron Brasileiro
Fafá de Belém
Lenine
Paralamas
Gaby Amarantos

Domingo (11)
Gerlane Lops
Jorge Ribas + Nego Thor + Belo Xis + Gracinha do Samba + Adriana B
Fundo de Quintal
Casuarina
Monobloco

Segunda-feira (12)
Silvério Pessoa convida Tibério Azul+Romero Ferro+Almério+Flaira Ferro+Ylana
Devotos
Natiruts
Skank
Nando Reis

Terça-feira (13)
Maestro Forró
Almir Rouche
Elba Ramalho
Alceu Valença
Orquestrão
Fonte:Folha de PE
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sábado, 6 de janeiro de 2018

Bom Jardim comemora Dia de Reis com tradicional Queima da Lapinha

O Santo Terço e Procissão da Lapinha  é uma tradição que se vivencia todo dia 06 de janeiro na residência do Senhor Rinaldo Barros, Início 19:00 horas. Local: Rua Manoel Augusto, Centro , Bom Jjardim- PE. Participem! 
QUEIMA DA LAPINHA - BOM JARDIM - PE – Por Sérgio Vieira de Melo. 
Minha homenagem e declaração de admiração hoje vão para o nobre amigo bonjardinense RINALDO BARROS, que mantém a tradicional e secular prática da Festa Religiosa e Popular da Queima da Lapinha em sua residência em Bom Jardim - PE.
RINALDO BARROS, homem de múltiplos talentos: Funcionário público, locutor, mobilizador de causas sociais, políticas e religiosas, grande incentivador da cultura, valorizador e mantenedor da manifestação daQueima da Lapinha no município há décadas, onde todos os anos, no terraço de sua casa é montado um grande presépio, visto e admirado por munícipes de todas as idades durante várias gerações.
A solenidade consiste em atear fogo na lapinha, que é formada por folhagens secas e incensos. Enquanto a lapinha queima, o público joga seus pedidos para 2018 no fogo, na esperança de que sejam realizados. Em Bom Jardim a parte musical da cerimônia é feita pelos talentosos músicos da Banda do Grêmio Musical Bonjardinense, enquanto a parte pagã da tradicional Festa de Reis é grandiosamente comemorada com show musical no Distrito de Umari.
Folia de Reis, Reisado, ou Festa de Santos Reis é uma manifestação cultural religiosa festiva e classificada, no Brasil, como folclore; praticada pelos adeptos e simpatizantes do catolicismo, no intuito de rememorar a atitude dos Três Reis Magos - que partiram em uma jornada à procura do esconderijo do Prometido Messias (O Menino Jesus Cristo) - para prestar-lhe homenagens e dar-lhe presentes. A Queima da Lapinha, também comemorada em 06 de janeiro, representa o encerramento do ciclo natalino e início do ciclo carnavalesco. A parte musical fica por conta daapresentação do Pastoril, quando as pastoras dos cordões azul, encarnado e a Diana cantam a jornada de despedida. Em alguns locais também há a apresentação do Cavalo Marinho. (Pesquisa na Internet).
Rogamos ao Criador que conceda muita saúde e anos de vida para que o amigo RINALDO BARROS possa continuar com sua família manterem a tradição, alegrando, ensinando e levando cultura a atual e as novas gerações.
Sugerimos que a área municipal de cultura do município apoie e torne oficialmente a manifestação parte fixa do calendário cultural, reconhecendo através de Lei Municipal e placa de bronze na sua residência, a importância do acontecimento e do seu mantenedor e incentivador: RINALDO BARROS.
Sr. RINALDO BARROS, um grade abraço, meus parabéns, minha admiração e o agradecimento de todos os bonjardinenses.
Créditos
Fotos: Professor Edgar Santos.
Texto: Sérgio Vieira de Melo.

Professor Edgar Bom Jardim - PE

domingo, 24 de dezembro de 2017

Feliz Natal para tod@s


Professor Edgar Bom Jardim - PE

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

CULTURA:Governo de Pernambuco promove atos que fortalecem a política cultural

O escritor Raimundo Carrero de Barros Filho recebeu a Medalha da Ordem do Mérito dos Guararapes.
Rodrigo Ramos
Secretário Marcelino Granja reforçou a disposição do Governo do Estado em fortalecer a política cultural de Pernambuco
Num ano marcado por ações estruturadoras no campo da política cultural de Pernambuco, o encerramento não poderia ser diferente. Por isso, o fim de 2017 é ainda de conquistas neste campo e de boas previsões para 2018. Nesta quarta-feira (20), no Palácio do Campo das Princesas, o governador Paulo Câmara assina cinco decretos que, ao longo de 2018, irão fortalecer ainda mais a cadeia da cultura no estado. Na mesma data, o escritor pernambucano Raimundo Carrero, que completa 70 anos de idade, recebe a Medalha da Ordem do Mérito dos Guararapes. Diversas outras ações marcarão os 70 anos de Carrero, ao longo de 2018, por meio de parceria entre a Fundarpe e a Cepe Editora.
Um dos decretos assinado pelo governador Paulo Câmara cria o Prêmio Roberto de França “Pernalonga” de Teatro. No valor de R$ 90 mil, irá incentivar, de forma mais rápida e direta, montagens, circulação e outros campos do fazer teatral. Com esse gesto, a gestão de Cultura do estado faz também uma homenagem a um dos mais ativos e queridos agitadores culturais do teatro pernambucano, o ator Roberto de Lira França “Pernalonga”, brutalmente assassinado em 11 de junho de 2000. O ator era arte-educador, dançarino, cantor e performático, participava ativamente das campanhas de saúde que tratavam de doenças sexualmente transmissíveis, HIV, tuberculose, hanseníase e dengue. Deixou uma legião de admiradores.
O governador assinou também decreto que cria o Prêmio Pernambuco de Fotografia. No valor de R$ 80 mil, homenageará em cada edição anual uma personalidade da arte fotográfica estadual. Nesta sua primeira edição, serão prestadas homenagens a dois destacados profissionais da área, tragicamente falecidos no acidente que vitimou o Governador Eduardo Campos, os fotógrafos Alexandre Severo e Marcelo Lyra. Também no pacote, decreto que amplia os recursos do Prêmio Ayrton Almeida de Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural, de R$ 60 mil para R$ 90 mil, passando a premiar os segundos colocados em cada categoria.
Foi assinado ainda decreto que amplia em 12 meses o prazo de prestação de contas dos projetos aprovados nos editais do Funcultura que estão em fase de conclusão e sem pendências legais. Reivindicação dos Conselhos de Cultura, visto que o crescimento acelerado do Funcultura provocou um acúmulo muito grande de projetos que dependem da administração para liberação das últimas parcelas de recursos e a emissão do respectivo atestado de execução, não sendo de responsabilidade dos proponentes tais atrasos. Confira os decretos assinados pelo governador Paulo Câmara:
O escritor Raimundo Carrero recebeu a comenda de Ordem do Mérito dos Guararapes
O escritor Raimundo Carrero recebeu a comenda de Ordem do Mérito dos Guararapes
“O que celebramos aqui hoje, lançando todos esses decretos, significa para nós o fortalecimento e a dinamização da política cultural do nosso estado, a partir de 2018. Foi um ano exitoso na Cultura e ficamos felizes fechando esse ciclo. Os prêmios que já temos, somados a esses que lançamos hoje será bastante significativo para as linguagens do teatro, da fotografia, do Patrimônio Cultural. Além de todos os projetos do Funcultura, que terão mais facilidade na execução de suas etapas”, colocou Márcia Souto.
O secretário Marcelino Granja destacou a atitude colaborativa do Governo de Pernambuco em estar sensível às demandas da Cultura. “Hoje estamos numa celebração não só pelos atos em si, pelos decretos que darão ainda mais liberdade de ação para a produção cultural. Mas de entendimento de todos os ganhos que tivemos na Cultura, com o processo de realização da IV Conferência  Estadual de Cultura, fechando um ciclo 27 de pré-conferências realizadas até janeiro. Então estamos celebrando o êxito e as pactuações com o Governo de Pernambuco, que tornam possíveis essas conquistas”, destacou Marcelino Granja.
Ao receber a medalha da Ordem do Mérito dos Guararapes das mãos do governador Paulo Câmara, o escritor Raimundo Carrero fez discurso emocionado dizendo-se sentir-se altamente prestigiado e que, todo seu coração e sua vida, eram sua própria obra e tudo que escreveu. “A única coisa que me move é a literatura. É o tormento humano que me inquieta e me sacode”, disse o escritor.
cultura.pe.gov.br
Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Cantata Natalina em Bom Jardim

CONVITE
Praça de São Sebastião -  22 de dezembro 2017 - 19:00 horas - Classificação Livre.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sábado, 16 de dezembro de 2017

Feira de artesanato neste sábado em Bom Jardim

Teve apresentação de pastoril na feira de artesanato realizada  no Pátio de Eventos  de Bom Jardim  neste sábado( 16). O evento foi organizado pelo grupo de artesãos da cidade com o apoio da prefeitura local. As vendas e apresentações  acontecem até às 20:00 horas.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Programação comemorativa do aniversário de 260 anos da paróquia de Sant'Ana

Fique por dentro da programação comemorativa do aniversário de 260 anos de fundação da nossa Paróquia.
Também durante os dias 26, 27, 28 e 29 de dezembro, o Centro de Pastoral Cônego Antonio Gonçalves será palco da Exposição “Origens, 260 Anos da Paróquia de Sant’Ana”. Fragmentos fundamentais para a compreensão da história de um povo piedoso, que tem sabido conservar com carinho e espírito de bravura as tradições religiosas de seus antepassados.

Venha você também conhecer um pouco da nossa história de fé!

De  Matriz de Sant'Ana/Bruno Araújo..
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

CULTURA:Governo de Pernambuco anuncia o resultado do Funcultura Geral 2016/2017


O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, torna público nesta quarta-feira (29/11), a lista dos projetos aprovados do edital do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – Funcultura Geral 2016/2017.  Serão mais 266 projetos culturais a serem desenvolvidos no estado, fomentando as cadeias produtivas e fortalecendo ainda mais a nossa cultura.
O anúncio significa que a gestão estadual contratará cerca de R$ 17,5 milhões em projetos culturais nas áreas de produção, difusão, pesquisa e formação das diversas linguagens artísticas. Somados ao investimento de R$ 10 milhões já aportados no Edital Funcultura Audiovisual 2016/2017 e aos recursos aportados no 1º Edital da Música, cujo valor em projetos disponível alcançou R$ 4.55 milhões, o Governo de Pernambuco reafirma novos compromissos com a cultura do estado na ordem de R$ 32 milhões.
Acesse AQUI o Resultado e AQUI todos os outros documentos relativos ao Edital.
Jan Ribeiro/CulturaPE
Jan Ribeiro/CulturaPE
Anúncio oficial foi realizado nesta quarta-feira, 29/11
No Edital Geral 2016/2017 foram inscritos 1.488 projetos. Destes, 1.309 projetos foram habilitados para julgamento do mérito cultural. O julgamento, realizado por meio da Comissão Deliberativa contou com um total de 80 especialistas para atender o conjunto linguagens artísticas e culturais, constituindo os Grupos Temáticos de Assessoramento Técnico e Temático à Comissão Deliberativa. O julgamento transcorreu no período de 25 de setembro a 11 de outubro, avaliando critérios como a qualidade técnica do projeto, o valor cultural, a qualificação do produtor e da equipe, os aspectos sociais da proposta, e a regionalização.
Foram aprovados 266 projetos artísticos culturais que, juntos, irão totalizar o incentivo, por parte do Governo do Estado, no valor de R$ 17.196.553,85 milhões. Todas as linguagens tiveram projetos aprovados: Cultura Popular (40); Patrimônio (36); Dança (32); Teatro (33); Artes plásticas, artes gráficas e congêneres (29); Fotografia (25); Literatura (22); Circo (17); Artesanato (13); Gastronomia (5); Artes integradas (5); Design e Moda (5); e Ópera (4).
LINGUAGEM
PROJETOS APROVADOS
VALOR
Teatro
33
R$ 2.135.144,82
Cultura Popular
40
R$ 2.381.070,11
Literatura
22
R$ 1.212.718,60
Artes Plásticas
29
R$ 1.782.804,20
Dança
32
R$ 1.901.776,70
Patrimônio
36
R$ 3.028.681,90
Fotografia
25
R$ 1.362.304,42
Circo
17
R$ 1.186.755,00
Artes Integradas
5
R$ 444.820,00
Artesanato
13
R$ 817.607,50
Gastronomia
5
R$ 311.731,00
Design e Moda
5
R$ 279.179,00
Ópera
4
R$ 351.960,00
Para o secretário de Cultura Marcelino Granja, o Funcultura reafirma o compromisso do Governo de Pernambuco com a cultura. “Temos um dos fundos de cultura mais fortes do país, agora garantido por lei, e cada vez mais fortalecido, ampliado para todas as regiões do estado, garantindo acessibilidade, ou seja, um exemplo para todo país de política pública eficiente, construída também com muito diálogo e contribuição da sociedade civil. Uma ação exitosa que faz a diferença na produção artística e na cultura de Pernambuco”, coloca Marcelino Granja. O secretário também listou os desafios do Funcultura para os próximos anos, entre eles, ainda mais recursos e avanço da descentralização.
 “Tivemos muitos avanços nesse edital que precisam ser registrados. Estamos aumentando os recursos do Funcultura e garantindo um piso mínimo de 36 milhões, o que é uma conquista enorme. Semana passada, anunciamos primeiro resultado do Funcultura da Música. É um caminho que estamos trilhando de fortalecimento da política cultural do nosso estado. Ano passado assinamos convênio com a Agência de Tecnologia de Informação do Governo do Estado para informatização do Funcultura e até o final do ano já estaremos fazendo o Cadastro de Produtores pelo sistema informatizado e temos uma perspectiva de lançar pelo menos um novo edital já digitalizado. Também avançamos na regionalização e na acessibilidade”, pontua Márcia Souto, presidente da Fundarpe.
O superintendente do Funcultura Gustavo Araújo diz que “comparativamente ao edital do ano passado, o Edital 2016/2017 resguardou avanços no número de aprovação de projetos, a exemplo da linguagem Cultura Popular que aprovou 7 projetos a mais. Ainda assim, o Edital 2016/2017 reafirmou a preocupação com os resultados da regionalização e acessibilidade, crescendo qualitativamente com isso”. Segundo o gestor, 83% dos projetos aprovados (221) apresentam ações de acessibilidade. Segundo Gustavo, dos 266 aprovados, 74 projetos vieram de fora da Região Metropolitana do Recife; sendo 21 projetos da Mata, 18 projetos do Agreste e 25 do Sertão.
Informações e Recursos – Devido ao grande número de projetos inscritos, o proponente que desejar saber a pontuação do seu projeto não aprovado deverá solicitar formalmente (informando os dados do projeto, conforme modelo abaixo) através do e-mail funculturaeditaisgeral2017@fundarpe.pe.gov.br, até o dia 06 de dezembro. Baixe aqui o modelo de pedido de notas.
Após o recebimento da resposta do pedido de informação de notas realizado, o proponente terá 05 (cinco) dias úteis para recorrer a decisão a partir da data da comunicação de e-mail do Funcultura. O recurso poderá ser enviado para o e-mail recursosfunculturaeditaisgeral2017@fundarpe.pe.gov.br ou pessoalmente, no Setor de Atendimento do Funcultura das 8h às 12h, na Rua da Aurora, 463/469, Boa Vista, Recife. O pedido de reconsideração enviado por e-mail só será avaliado, caso seja enviado a partir do e-mail do proponente que consta no Cadastro de Produtor Cultural. Baixe aqui o modelo de recurso.
Informações Setor de Atendimento do Funcultura
Rua da Aurora 463/469, Boa Vista, Recife – Pernambuco; CEP: 50.050-000. Atendimento presencial: De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h Telefones: (81) 3184-3023 / 3184-3026.
Com informações de cultura.pe.gov.br
Professor Edgar Bom Jardim - PE