Mostrando postagens com marcador Bom Jardim-PE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Bom Jardim-PE. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 19 de junho de 2018

Bom Jardim:Padre recebe alerta de internauta sobre fotografia com políticos

Tempo de eleição: as igrejas, capelas, templos, terreiros, procissões, missas  são mais visitadas pelos políticos. Política, religião, governo, poder faz parte da vida cotidiana das pessoas. Os oportunismos  se expandem. As competições se acirram. Campo fértil para alianças, intrigas, birras, invejas, disfarces, simulações, promessas, ameaças, compras, ciúmes e mentiras. 



O jeitinho brasileiro de fazer política se aprofunda. O país se envolve completamente. 
Bom Jardim e Orobó começam a rivalizar na política partidária. Espaços de poder começam a ser disputados. Todo evento pode ser uma vitrine para projeção política de A, B ou C. Quase  tudo é "natural". Surgem interpretações, acusações,  segundas intenções. Nas redes sociais há debates, percepções, críticas , alertas, falação.  



O fato político aqui em debate é a presença da pré-candidata Juliana de Chaparral, vir participar, fazer visita em eventos e comunidades, ganhar terreno político em Bom Jardim. Inquietações políticas  surgem . Confira o contexto da pré-campanha:    


*As fotos e o texto foram publicadas na rede social de Célio Borges.Confira:
"O Prefeito de Orobó Cleber Chaparal e a Primeira Dama Juliana de Chaparal participaram da celebração da Santa Missa no Eremitério Santo Antônio, no Sítio Torto- com o Vereador de Bom Jardim - Mano de Etiene, Severino do Gás, Célio Borges, Padres: Antônio Valentim e Severino Fernandes, e o suplente de vereador de Orobó, Eduardo do Cimento.

O Padre Antônio Valentim, natural do Sítio Torto-Bom Jardim, construiu com a ajuda de muita gente um Eremitério, em terras de propriedade de seus pais. Um ambiente de oração – espaço de encontro para pessoas que precisam meditar.

O Eremitério Santo Antônio, construído no Sítio Torto, é uma casa de oração - uma referência espiritual e religiosa em favor do povo de Deus, com o objetivo de dar uma assistência na parte da religião aos moradores em torno espaço.
Neste domingo, dia 17 de junho aconteceu o encerramento da Festa de Santo Antônio, onde foram celebradas em 17 noites, envolvendo várias comunidades próximas ao Eremitério, e o Padre Valentim, conduziu os momentos de orações".
O Eremitério se encontra aberto para visitações.VEJA reação no Facebook:
Beatriz Bet Padre servo de Deus saia do meio disso é tudo oportunista estão fazendo política em cima do senhor !!!!!!!!!!!!
Beatriz Bet Padre depois eles vão denúncia o senhor ao Bispo dizendo que está fazendo politicagem na Igreja só basta o senhor tira fotos com outro candidatos !



Beatriz Bet Não faça da casa do Senhor um comércio ou um palanque Político !!!!!

Fotos publicadas no Facebook de Célio Borges.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

domingo, 17 de junho de 2018

Sábado animado em Bom Jardim


Bonjardinenses  tiveram uma boa oportunidade de dançar forró no Pátio de Eventos João Salvino Barbosa,, nesta noite de sábado(16). A festa intitulada "São João Arretado de Bom" promovida pela prefeitura municipal, Departamento de Cultura teve um bom público que acompanhou os shows de Luan Douglas e Mel com Terra. O prefeito João Lira se fez presente e pode verificar que a população precisa de momentos de lazer e cultura, alguns dos pontos fracos de sua administração. Outro problema  da gestão municipal é misturar entretenimento com cultura. 

Os festejos promovidos pela prefeitura continuam no  dia 23 com shows da  Banda Aquários e Anjos do Forró. Pelo segundo ano consecutivo o prefeito João Lira não apoia a realização do Grande Encontro de Forrozeiros de Pernambuco em Bom Jardim. A cidade deixa de prestigiar 5 grandes forrozeiros representantes da legítima cultura popular nordestina.  É comum aos prefeitos esse tipo de comportamento. Quem não tem cultura não tem pátria. Quem não valoriza a cultura de raiz, a cultura popular verdadeiramente não respeita o povo. 


Professor Edgar Bom Jardim - PE

Cultura bonjardinense resiste no São João. Rosa Vermelha é show



Mesmo diante das dificuldades para  conseguir patrocínio financeiro a Junina Rosa Vermelha, mais uma vez venceu a escassez de recursos com os esforços de seus membros e de pequenas doações  voluntárias, formiguinhas para realizar grandes apresentações e manter a tradição dos festejos juninos. O tema deste ano é Paixão Negra. Parabéns aos seus idealizadores, diretores e componentes. 

Fotos de Vanessa, Bebeto/Lúcio(Facebook)
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Lenilson do Posto garante vitória de Jotinha para presidência da Câmara do Bom Jardim



Todos esperavam uma vitória tranquila, bem sossegada de Valéria  Lira, candidata da Chapa 1, nas eleições da Câmara de Bom Jardim, para o biênio 2019/2020. A manhã desta sexta, dia 15 de junho 2018, pode ser muito significativa para o futuro político do município. Pouca gente presenciou  a vitória da Chapa 2, encabeçada pelo edil José Gomes Medeiros (Jotinha) que venceu a disputa pelo placar de 7 a 6, contrariando os planos do prefeito João Lira (PSD), esposo da atual presidente.  Muita gente só acreditou porque acompanhou a votação feita por Duda, via rede social. Muitos populares não sabiam da eleição no Poder Legislativo Municipal.


A vitória foi sacramentada pelo vereador Lenilson do Posto, membro da base governista. Desde muito Lenilson vem insatisfeito com o tratamento dado pelo prefeito e seus aliados no Distrito de Umari.  João e Valéria Lira(PSD) esperavam fidelidade do vereador. O vereador Lenilson também espera fidelidade do chefe do governo municipal nas parcerias. É o que se comenta nos bastidores político. Como não houve atenção de ambos os lados, também não houve fidelidade neste momento. A votação foi nominal, os votos eram declarados em ordem alfabética, conforme nome do edil. Quando chegou na letra "L" de Lenilson, a bomba explodiu: "Chapa 2, Jotinha". Aí tudo mudou. Reviravolta no placar.

ESTRATÉGIA:A oposição fez um teatro ao registrar anteriormente outra chapa liderada por Rufino Filho. "Chapa Camaleão", mudou e confundiu a situação. Jotinha sempre teve o desejo de ser presidente, já sofreu uma derrota em outra eleição na disputa para presidência da Casa Dirceu Borges. A Chapa eleita é composta por Jotinha, Roberto Lemos e Ana Nery.

Na rua ficou aquela falação: " Jotinha vai querer ser candidato ao cargo de prefeito na próxima". Perguntamos ao presidente eleito se ele estava feliz? Respondeu: "muito feliz, muito mesmo." Perguntamos se o próximo passo será para prefeito? Respondeu:"Ainda está cedo. Só o tempo dirá"

O que vai acontecer no futuro próximo? O que vai acontecer nestas eleições de 2018? Quantos votos terão os candidatos apoiados por João Lira? Quantos votos terão os candidatos apoiados por Jotinha? Como será a votação de Miguel para deputado? Quem é que vai ganhar com tudo isso: o povo ou os políticos? Será teremos 6 candidatos para prefeito nas eleições de 2020? Será que todos da oposição estarão unidos com uma candidatura única para derrotar o prefeito João Lira?
LEIA TAMBÉM:
https://professoredgarbomjardim-pe.blogspot.com/2018/06/camara-de-bom-jardimvaleria-lira-sera.html?spref=fb
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Câmara de Bom Jardim:Valéria Lira será eleita?


Será nesta sexta-feira (15) a partir das 9 horas, a sessão extraordinária para a eleição para a renovação da mesa diretora da Câmara Municipal do Bom Jardim-PE, relativa ao biênio 2019/ 2020. O Edital de Convocação nº 01/2018, que disciplina a realização do citado pleito, foi publicado durante a última sessão ordinária  do segundo período legislativo  realizada na última terça-feira (11). 

Até o presente, duas chapas estão inscritas para a disputa. A chapa 1 é composta pelos vereadores Valéria Barbosa Miranda de Lira (presidente), Josilene Vicente Pereira Cadête (1ª secretária) e José Vitor da Silva (2º secretário); a chapa 2 é formada pelos edis Sebastião Rufino Ribeiro Filho (presidente), Ana Nery de Lima Cavalcanti (1ª secretária) e Agenildo Marcos de Oliveira (2º secretário). 

Para ser protocolada, uma chapa precisa contar com três componentes. De acordo com o Regimento Interno, um vereador não pode se inscrever em mais de uma chapa. As inscrições poderão ser feitas até às 08h30min do dia 15 de junho do corrente ano, ou seja, 30 minutos antes do início da sessão extraordinária convocada para a realização do pleito. A atual presidente Valéria Lira (PSD), candidata à reeleição, comandará o processo eletivo cuja votação será por chamada nominal de cada vereador que pronunciará o seu voto em aberto. 

Com informações de Dimas Santos
Professor Edgar Bom Jardim - PE

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Salas lotadas e pouca valorização: ranking global mostra desgaste dos professores no Brasil. Qual a qualidade da educação bonjardinense?

Professora em sala de aula em Curitiba, em foto de arquivoDireito de imagemPEDRO RIBAS/ANPR
Image captionPara OCDE investimentos em 'quantidade' de professores são geralmente feitos em detrimento da qualidade do ensino
O Brasil possui um dos maiores números de alunos por sala de aula no ensino médio entre mais de 60 países analisados no estudo Políticas Eficazes para Professores: Compreensões do PISA, publicado nesta segunda-feira pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
De acordo com o documento, as escolas públicas do Brasil têm 22 alunos por professor no primeiro ano do ensino médio. O total é o mesmo quando se incluem as instituições privadas.
Esse número só é maior na Colômbia, que acaba de entrar para a OCDE, com 27 alunos por turma. No México, também membro da organização, o total de estudantes por professor varia entre 17 e 27.
Na China, país mais populoso do mundo, há apenas 12 alunos por professor.
"Classes menores são frequentemente vistas como benéficas porque elas permitem que o professor se focalize mais nas necessidades individuais dos estudantes", diz o estudo.
Segundo a OCDE, é preciso reduzir o tamanho da sala de aula e aliviar a carga horária de ensino do professor, ampliando dessa forma o tempo que else passa preparando aulas, em orientação pedagógica (tutoria) ou atividades de desenvolvimento profissional. E, para isso, uma solução seria aumentar o número de professores.
"Os sistemas de educação precisam determinar quantos professores são necessários para oferecer uma educação adequada para seus estudantes", diz a OCDE.
No Brasil, problemas de salas de aula lotadas, jornadas duplas de trabalho, com carga horária excessiva, são enfrentados por muitos professores e provocam desgastes em relação à profissão.
O PISA, no qual se baseia o relatório divulgado nesta segunda, é um vasto conjunto de estudos internacionais que visam medir o desempenho de sistemas educacionais de países membros e não membros da OCDE, como o Brasil.
O PISA é realizado com jovens na faixa de 15 anos, o que corresponde ao primeiro ano do ensino médio.
Adolescente com mochila nas costas sobe escadas em instituição de ensinoDireito de imagemANDRÉ NERY/ MEC
Image captionHá mais professores alocados a escolas com alunos em condições socioeconômicas baixas, mas nem sempre o resultado é melhor qualidade do ensino
O estudo Políticas Eficazes para Professores diz ainda que a maioria dos países do PISA tem alocado mais professores a escolas consideradas desfavorecidas - onde há mais alunos com condições socioeconômicas mais baixas - para compensar as desvantagens na comparação com escolas onde estudantes têm mais poder aquisitivo.
Mas isso nem sempre resulta em melhor qualidade do ensino, diz a OCDE. Isso porque, geralmente, "professores nas escolas mais desfavorecidas são menos qualificados e têm menos experiência" do que nas instituições com condições superiores, ressalta a organização.
Na prática, diz a organização, os efeitos positivos de aumentar o número de professores nas escolas desfavorecidas são minados se não for levada em conta a questão da qualidade do professor.
"Os estudos têm mostrado que investimentos na quantidade de professores são geralmente feitos em detrimento da qualidade do ensino", ressalta a OCDE.
"Estudos revelam que professores com qualificações mais fracas são mais propensos a ensinar em escolas desfavorecidas, o que pode levar a um potencial menor de oportunidades educacionais para estudantes dessas escolas", afirma o documento.
Homem escreve números em quadro negroDireito de imagemPEOPLEIMAGES / GETTY
Image captionNo Brasil, 60% dos professores com menos qualificação educacional tendem a trabalhar mais em pequenas cidades, de acordo com estudo

Especialização

O estudo, que enfatiza a importância do ensino de alta qualidade para reduzir as desigualdades sociais, também revela que apenas 29% dos professores de ciências no Brasil têm especialização na área.
Em países como a Finlândia, que estão entre os que apresentaram os melhores resultados do teste do PISA na área de ciências, a proporção de professores especializados nessa disciplina nas escolas públicas do país é 83%.
"Alguns estudos têm mostrado que alunos que aprendem com professores com formação específica em uma área têm melhores performances na disciplina", afirma a OCDE.
Como o último PISA focou na área de ciências, os dados sobre a especialização dos professores dizem respeito à área.
"Quanto maior a diferença de qualificação dos professores de ciências entre escolas desfavorecidas e favorecidas, maior também é a diferença da performance em ciências entre estudantes na base e no topo do status socioeconômico."
No Brasil, 60% dos professores com menos qualificação educacional tendem a trabalhar mais em pequenas cidades, afirma outro estudo da OCDE divulgado nesta segunda-feira, Professores em Ibero-América: Compreensões do PISA e do Talis.
"No Brasil, professores não especializados em ciências em escolas desfavorecidas ensinam assuntos que não estavam incluídos em sua formação ou programa de qualificação com mais frequência do que professores não especializados em escolas favorecidas."
O estudo específico sobre países ibero-americanos também nota que a demanda por professores aumentou na região devido ao rápido crescimento do número de estudantes matriculados, sobretudo na América Latina, em razão de um maior acesso à educação.
Em resposta à essa demanda, "os requisitos para ingressar na profissão docente foram reduzidos", afirma o documento.
Professora escrevendo em quadro negro numa sala de aulaDireito de imagemALEXEYRUMYANTSEV / GETTY
Image captionNo Brasil, apenas pouco mais de 10% dos professores acham que a profissão é valorizada pela sociedade
Isso fez com que a profissão começasse a ser desvalorizada, vista como um ofício de poucas exigências e baixa qualificação, acrescenta a organização.
No Brasil, apenas pouco mais de 10% dos professores acham que a profissão é valorizada pela sociedade.
Entre 2003 e 2015, mais de 493 mil novos alunos no Brasil foram somados ao total da população estudantil de 15 anos, um aumento de 21%.
A expansão das matrículas, diz a OCDE, se deve a melhoras na capacidade para manter os alunos no sistema de ensino à medida que eles progridem a níveis superiores.

Professor Edgar Bom Jardim - PE

sábado, 9 de junho de 2018

Globo Nordeste vai exibir Especial Causos & Cantos em Bom Jardim



Será exibido neste sábado 9 de junho, às 12 horas,  o Programa Causos & Cantos, Especial de São João 2018. O show de forró ficou por conta de Cezzinha do Acordeon. Noé Souto, Rinaldo Barros, Eva Souto participam fazendo depoimentos. Dona Neva vai mostrar a gastronomia local da época. Fique ligado. A cultura de Bom Jardim sobrevive com a força e a criatividade do povo.


Professor Edgar Bom Jardim - PE

sábado, 2 de junho de 2018

Gravação do Globo Repórter em Bom Jardim

Forró Sem Pantim, Junina  Rosa Vermelha, Grupo da Terceira Idade irão ser destacados no programa que vai ao ar entre 15 e 22 de junho. Beatriz Castro e Chico José estiveram fazendo parte da produção do programa.

Fotos Enio Andrade.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Fórum de Bom Jardim fechado nesta sexta-feira, 01/06/18

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) funciona em regime de plantão, hoje, sexta-feira, dia 01 de junho. As demandas urgentes serão atendidas no Fórum de Limoeiro.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Bom Jardim: Por que o povo urina no terminal de passageiros, na rua e na parede ao lado Sindicato?



Quem faz caminhada diariamente nas ruas do centro de Bom Jardim, percebe o mu cheiro de urina humana e até mesmo de fezes depositadas no Terminal Rodoviário de Transportes Alternativos, que fica  bem colado com a parede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

O Terminal Rodoviário foi construído no final da gestão do prefeito Miguel Barbosa. Faltou construir um sanitário público anexo, para atender diariamente quem precisa  fazer suas necessidades fisiológicas ao  esperar carros de lotação na Ruas Israel Fonseca com Travessa do Derby, bem no centro. O  local é parada obrigatória de toyotas, chevettes, ônibus e outros. 

As cidades brasileiras são carentes de sanitários públicos para atender o público que tanto necessita deste serviço primordial. Os administradores públicos negligenciam, estão desconectados da realidade. O povo sofre, o patrimônio público é destruído, a cidade fede, fica feia, a população fica rotulada de mal educada, alienada por não cobrar seus direitos diante de suas necessidades básicas.  Os governantes e autoridades da cidade precisam fazer o que é certo, o necessário. Fica o registro e o pedido de providências para se construir sanitários e restauração do local. É simples e barato corrigir.
Fotos: Edgar S. Santos
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quinta-feira, 24 de maio de 2018

‘Estoquem comida, abasteçam seus carros’: notícias falsas alimentam pânico em meio à greve de caminhoneiros



Consumidores em supermercado, em foto de arquivoDireito de imagemTANIA REGO/AG BRASIL
Image captionConsumidores em supermercado, em foto de arquivo; já há áudios falsos de WhatsApp sugerindo 'corrida' às compras por causa da greve de caminhoneiros

Os quatro dias consecutivos de greve de caminhoneiros não apenas dominaram a pauta do governo em Brasília, mas também provocaram uma corrida aos postos de gasolina e temores de desabastecimento em supermercados.
A crise é terreno fértil, ainda, para boataria e notícias falsas difundidas por redes sociais e aplicativos de mensagens. No WhatsApp, gravações de áudio que circulam em grupos já sugerem às pessoas que "se previnam".
"Olá, pessoal, aqui quem fala é o presidente do Sindicato dos Caminhoneiros do Brasil. Quero falar para vocês se prevenirem, avisem suas famílias, vão no mercado, comprem comida, abasteçam seus carros, se previnam. Vai trancar tudo. (...) A guerra está começando. Greve já", diz uma gravação que tem circulado pelo aplicativo de mensagens.
Trata-se de uma notícia falsa: não existe um "Sindicato dos Caminhoneiros do Brasil" e, embora a greve de fato afete momentaneamente a distribuição de combustível e produtos, não há, segundo especialistas ouvidos pela BBC Brasil, a menor necessidade de estocar alimentos para o longo prazo, como para semanas ou para mais de um mês.
"É impensável pensar num prazo desses no Brasil", diz Maurício Lima, sócio-diretor da consultoria Ilos, especializada em logística e distribuição. Segundo ele, o fornecimento em grandes cidades como São Paulo tende a se normalizar muito rapidamente depois da greve.
Hoje, a distribuição de alimentos nas cidades funciona com as próprias empresas de varejo tendo seus centros de distribuição regionais, que fazem a entrega para as lojas com frequência diária ou semanal.
"O estoque não fica mais na loja. Então, uma falta de combustível pode gerar uma certa escassez momentânea, mas assim que a greve acabar, o retorno dos produtos às gôndolas também é imediato, porque não depende da indústria. O estoque já está lá", explica Lima.
O fornecimento de perecíveis é um pouco mais afetado e pode gerar alguns prejuízos, mas nada que prejudique a distribuição no longo prazo e justifique a montagem de um estoque em casa.

Fila em posto de combustível em Brasília nesta quinta-feiraDireito de imagemMARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Image captionFila em posto de combustível em Brasília nesta quinta-feira; efeito manada em momentos críticos pode intensificar a escassez

E uma corrida a supermercados e postos de gasolina acaba, inadvertidamente, piorando a situação dos próprios consumidores: infla os preços e piora a escassez, segundo Otto Nogami, professor de economia do Insper.
"As pessoas têm uma capacidade de se contagiar muito fácil e muito grande, gerando uma ansiedade e um medo que não correspondem ao problema real", diz ele.

'Profecia autorrealizável'

"É uma profecia autorrealizável. Se todo mundo quiser fazer uma estoque em casa com medo de falta de produtos, vai provocar uma escassez que normalmente não haveria", afirma Lima.
Se muitas pessoas correm a um supermercado ao mesmo tempo, é maior a chance de um desabastecimento realmente acontecer, assim como a corrida desenfreada a um banco por temor de ele quebrar pode fazer com que o banco de fato quebre, porque não haverá dinheiro suficiente para suprir a demanda "surpresa".
É o que economistas chamam de "a tragédia dos comuns". Nas circunstâncias em que todos compartilhamos dos mesmos recursos, pessoas agindo racionalmente em interesse próprio acabam tendo um comportamento coletivo irracional e que prejudica a todos - esgotando os recursos comuns.
"A ameaça de um furacão nos EUA também leva as pessoas a correrem aos supermercados. Chamamos isso de 'prova social'", diz à BBC Brasil o economista Robson Gonçalves, coordenador do curso de Neurobusiness da FGV-SP.
"Se você passar na rua e vir todo o mundo olhando para o céu, fará o mesmo, com medo de perder algo. Se todo mundo no seu trabalho participar do bolão da loteria, você participará também, com medo de ficar de fora. É um comportamento comum em momentos críticos."
Esse "medo de ficar de fora" também é um dos fenômenos que explicam as bolhas econômicas: muitas pessoas embarcam em uma tendência de compra de ações sem avaliar os riscos, só porque os colegas então comprando, o que acaba gerando uma supervalorização de um ativo que não tem tanto valor e causando a bolha.

Greve de caminhoneiros na fronteira Brasil-Uruguai nesta quarta-feiraDireito de imagemMARCELO PINTO/APLATEIA
Image captionGreve de caminhoneiros tem prejudicado o abastecimento de insumos

É o mesmo movimento que explica a queda de 14% nas ações da Petrobras de quarta para quinta-feira, segundo Otto Nogami, do Insper.
"Não haveria razão para um queda tão significativa. À medida que a Petrobras admite que vai reduzir os preços e fica a impressão de que o governo vai interferir na estatal, algumas pessoas são levadas a vender os papéis. Quando várias pessoas começam a seguir essa tendência, há um efeito cascata", diz Nogami.

Prejuízo

Além disso, reações de consumo impulsivas e irracionais podem por vezes beneficiar mais o vendedor do que o comprador.
"Quando você vai comprar uma passagem aérea na internet e lê que 'só há mais duas passagens disponíveis para esse voo', desperta em si um processo de medo e defesa (que a faz comprar)", prossegue Gonçalves.
Esse é outro ponto a se pensar antes de correr a postos e mercados: vendedores com frequência se aproveitam disso para vender mais e mais caro, sabendo que a demanda irracional pagará o que for pedido.
Ao estocar um produto em alta de preços nesse momento de pânico, o consumidor pode pagar mais caro por algo que dali a alguns dias já teria uma distribuição regularizada e um preço normal.
Ações irracionais e seus impactos no comportamento socioeconômico das pessoas são há tempos estudadas pelos economistas e psicólogos.

Redução no abastecimento da Ceasa do Rio de JaneiroDireito de imagemTOMAZ SILVA/AG BRASIL
Image captionRedução no abastecimento da Ceasa do Rio de Janeiro por causa da greve; consumidores podem aproveitar o momento para refletir sobre suas prioridades

O psicólogo israelo-americano Daniel Kahneman, por exemplo, ganhou o prêmio Nobel de Economia de 2002 por seus estudos mostrando que tomamos decisões com base em um processamento limitado das informações disponíveis, por conta de vieses cognitivos, incluindo nosso interesse próprio, confiança excessiva ou experiências prévias, além da incapacidade do cérebro em lidar com múltiplas variáveis ao mesmo tempo.

Como reagir?

Mas, então, como responder de modo mais eficiente a crises como a greve atual?
Pessoas que tenham urgência para viajar ou precisem de um determinado insumo podem não ter como escapar de determinadas filas nos postos ou preços elevados.
Mas, ao público geral, a recomendação de Gonçalves, da FGV-SP, é justamente racionalizar em momentos críticos - e priorizar. Ao enfrentar uma escassez momentânea, pensar em quais produtos essenciais podem acabar em sua casa no curto prazo, mas evitando fazer estoques desnecessários.
"Com falta eventual de determinado produto, buscar um substituto", diz Nogami, do Insper.
"Em um mundo com excesso de opções de consumo, não estamos mais acostumados a priorizar", diz Gonçalves. "Mas podemos aproveitar momentos como este para refletir: o que é realmente prioridade e quais as consequências de nossas escolhas? O foco nessas horas vai ajudar a tornar as decisões mais racionais."
Mauricio Lima afirma que, mesmo que a greve continue, as empresas serão forçadas a buscar uma solução. "Nem que seja pressionando por um acordo entre os grevistas e o governo."
Professor Edgar Bom Jardim - PE

quarta-feira, 23 de maio de 2018

População reclama do aumento abusivo da gasolina em Bom Jardim


Caminhoneiros promovem em todo país uma greve contra a política de  aumento dos combustíveis do governo Temer. O Brasil é um grande produtor mundial de petróleo. Mesmo diante de tanta corrupção na Petrobras não se justifica que a população brasileira pague a conta pela  falta de honestidade dos governantes e dos empresários. Até 2015, o preço da gasolina e do  óleo diesel era controlado pelo governo federal. Desde 2016, quem determina a alta de preço é a variação do mercado internacional e do dólar.

Por causa da paralisação dos caminhoneiros iniciada desde o dia 21 de maio 2018, motoristas formam longas filas nas capitais, nas grandes cidade e também no interior. O desespero desnecessário dos consumidores faz com que o preço aumente muito e de forma abusiva. 

O Governo Federal sem credibilidade, sem  apoio popular, já sinalizou com redução dos preços  nas distribuidoras. Na cidade de Bom Jardim, o litro da gasolina começou o dia ao preço de R$4,39 e foi reajustado para R$ 4,99, segundo apuramos junto aos populares após a investida da polícia ao posto local. "Houve uma reação popular, o povo não aceitou o aumento... Isso é uma covardia com o povo", comentavam os populares. A polícia determinou a redução do preço. Motoristas que compraram mais caros ficaram revoltados. Os policiais ouviram populares e frentistas.  

Em algumas cidades brasileiras já há desabastecimento de combustíveis e alimentos. A população deve ter calma . Fazer compras compulsivas vai ter efeito negativo no bolso. Qual vai ser o preço da gasolina e do diesel amanhã? Quando Temer vai deixar o poder? 



Professor Edgar Bom Jardim - PE