terça-feira, 11 de julho de 2017

Marcos do Artesanato, na 18ª Fenearte, mesmo sem o devido apoio da Prefeitura de Bom Jardim

Marco do Artesanato, participa de mais uma edição da Fenearte. Dessa vez o grupo de artesãos do município não contaram com o stand patrocinado pelo governo municipal. O mais conhecido artesão de Bom Jardim, participa da maior feira do artesanato do continente pelo PAB (Programa do Artesanato Brasileiro). A situação não é inédita na vida do artesão. Também não se pode dizer que o artista é um coitado. Fato é que no período 2014 a 2016 mais de uma dezena de artesão tiveram o apoio estrutural da gestão passada para expor, vender seus produtos e representar nossa cultura.

ANTES - O artesão bonjardinense recebeu atenção, apoio, formação e patrocínio para participar de diversas feiras no município, nas diversas cidades de Pernambuco como Orobó, João Alfredo, Surubim, Carpina, Tracunhaém, Timbaúba, Recife em eventos como Feira dos Municípios, Feira Internacional de Turismo, e Fenearte. Também foi criado o Ponto de Cultura Casa do Artesanato e a Feira Cultural. O prefeito extinguiu políticas públicas implantadas pela Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes, um verdadeiro atraso para sustentabilidade cultural da região.

Na era João Lira (PSD), estamos vivendo a decadência cultural de Bom Jardim. Durante o período das eleições o candidato, João Lira, não informou a população, aos eleitores que iria acabar com os projetos culturais, após tomar posse. Hoje, a badalada crise propagada pelo prefeito não convence mais a população diante de suas palavras e ações. 


Fotos: Maria José Arruda
Professor Edgar Bom Jardim - PE
Reações:

0 >-->Escreva seu comentários >-->:

Postar um comentário

Amigos (as) poste seus comentarios no Blog