segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Fotos da III Conferência Estadual de Cultura de Pernambuco

Uma Política de Estado para a Cultura.

O grande encontro realizou-se  nos dias 25, 26 e 27, em Gravatá. Os debates, palestras e propostas foram norteados e dinamizados em quatro eixos, que são: Implementação do Sistema Estadual de Cultura; Produção simbólica e diversidade cultural; Cultura e cidadania; e Cultura e desenvolvimento. Na plenária final, foram retiradas oito propostas prioritárias, que seguirão para a III Conferência Nacional de Cultura. Também na ocasião da Conferência Estadual foram eleitos os delegados que representarão o estado de Pernambuco na Conferência Nacional. 

Fotos:Fundarpe/ Face de Claudemir Souza




















http://professoredgarbomjardim-pe.blogspot.com.br/
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Narcisismos, solidão, vitrines, culturas


Por Antônio Rezende
As vitrines espalham-se por todos os lugares. Não possuem uma única forma, nem pertencem a um só tempo. O individualismo garante que Narciso corre por travessias imensas sem intervalos. Não se afastou das idas e vindas do humano. Institui e compõe suas aventuras.. Os mitos permanecem, apesar de algumas especulações intelectuais contrárias. Eles nos ajudam a tentar decifrações e aprofundamentos. Projetam-se, renovam representações, deitam-se em divãs, desenham imagens literárias. Narciso, portanto, ganha cenários especiais, voa nos trapézios dos circos sem cerimônias.
As singularidades registram sociabilidades diferentes. Somos animais coletivos, vestimos fantasias variadas, sem cores fixas. Existem as coincidências e os diálogos,. Se as distâncias fossem constantes, a cultura não teria moradia na história. A cultura movimenta significados, não dispensa as desigualdades do tempo. Há passados que antecipam ilusões. Há presentes que consagram pessimismos e juízos finais.. Daí, a complexidade e as surpresas, as gramáticas e as filosofias, as indeterminações e os imaginários..
No mundo contemporâneo, a confusão não se eliminam as buscas. A fabricação contínua de objetos, as invenções tecnológicas, as ousadias estéticas, a exaltação do luxo aumentam as dificuldades de compreender se há caminhos de fuga para evitar espetáculos efêmeros. No meio das mercadorias, as novidades fazem Narciso mudar melancolias e remontar  ideias de destino. Sobram espelhos e imagens. Cada um se ornamenta, reforça a quantidade, se sente fascinado pela lógica do monopólio. Há resistências e recusas que sedimentam tradições, aparentemente, ultrapassadas.
Numa sociedade onde o discurso da prática da acumulação prevalece é preciso fôlego. A solidão não é incomum, porém se estende na velocidade da produção. Tornou-se indispensável. É território de exílio. Os deslocamentos são constantes. Desencantam, agitam, intimidam. Individualismos são fortalecidos sem o auxílio de máscaras. Narciso não é apenas um símbolo da beleza incomunicável e egocêntrico. Ele aprisiona as memórias primordiais do suicídio, mas também se contempla nas páginas virtuais do facebook. A vaidade é extrovertida e não combina com a sabedoria, gosta de circular na ironia mais rasa.
Os valores do capitalismo exigem quebras de solidariedade, atiçamento de competições. Narciso sobrevive nas inconstâncias das hierarquias, nas felicidades programadas. A  concentração de riquezas segue o vaivém das bolsas, naturaliza comportamentos, sacraliza as mídias do sucesso, cultiva arrogâncias com sutilezas. Na construção das possibilidades históricas, o refazer dos significados é fundamental para que as rupturas ganhem ânimos. Os narcisismos também sofrem suas quedas. A uniformidade é uma isca astuciosa..
Os mitos não morrem, respondem às perguntas, envolvem-se com circunstâncias. Hoje, arrastam-se no mundo das trocas, da rapidez. Não custa revê-los nas tragédias de Sófocles. A experiência traz ensinamentos e a escuta das vozes dos outros.. Há tensões, descuidos, alertas. Quando a autonomia consegue retomar espaços é sinal que os sonhos se entrelaçam com a vida.. Os sentimentos de solidão não são exclusivos. Lembram desamparos e podem firmar incertezas.. Desprezar o outro é o perigo. Narciso gosta de redesenhar sua imagem e não foge das feridas do tempo. Somos nós que inventamos as histórias e seus malabarismos. Estamos próximos dos mitos rascunhando as travessias.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

18 anos de prisão para americano que ajudou Al- Quaeda


Sabirhan Hasanoff ajudou terroristas no Iêmen e em outras localidades.
Preso nos Emirados Árabes em 2010, ele confessou.

Da AFP

Sabirhan Hasanoff durante seu sentenciamento nesta segunda-feira (30) (Foto: Reuters)Sabirhan Hasanoff durante seu sentenciamento nesta segunda-feira (30) (Foto: Reuters)
O cidadão americano-australiano Sabirhan Hasanoff, de 36, foi sentenciado nesta segunda-feira (30) em Nova York a 18 anos de prisão por ter se declarado culpado de fornecer ajuda material e financeira à rede terrorista de Al-Qaeda.
Originário do Brooklyn (sudeste de Nova York), Hasanoff foi detido em 2010 nos Emirados Árabes Unidos e transferido para Nova York.
Em 18 de junho de 2012, ele se declarou culpado por ter tentado obter apoio para militantes da rede Al-Qaeda no Iêmen e em outros lugares.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Miguel realiza ato público para assinatura de Ordem de Serviços em Bom Jardim

Arte de hildelbrando.com



http://professoredgarbomjardim-pe.blogspot.com.br/
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Mulher se acorrenta para protestar contra o corte do Bolsa Família


Desempregada e com 5 filhos, ela teve o benefício bloqueado há 5 meses.
Funcionários foram impedidos de entrar do Cras até negociação com ela.

Marina FonteneleDo G1.
Desempregada e com 5 filhos, Íris  teve o benefício bloqueado há 5 meses (Foto: Marina Fontenele/G1)Desempregada e com 5 filhos, Íris teve o benefício bloqueado há 5 meses (Foto: Marina Fontenele/G1)
Mãe de cinco filhos, desempregada e sem receber o Bolsa Família há cinco meses, a dona de casa Íris dos Santos Almeida, 29 anos, resolveu se acorrentar na porta de um Centro de Referência da Assistência Social (Cras) localizado no bairro Coroa do Maio em Aracaju, emSergipe. A atitude, realizada na manhã desta segunda-feira (30), teve o objetivo de pressionar os órgãos responsáveis para dar uma resposta sobre a suspensão do benefício e pedir a liberação do saque do valor já autorizado pelo programa.
“Já atualizei meu cadastro duas vezes e nada de liberarem meu benefício. Eles alegam que um dos meus filhos estava faltando a escola, mas tenho a declaração de que todos estão frequentando a escola. Eles prometeram me dar uma solução em 48 horas, senão vou voltar a me acorrentar”, afirma Íris.
Os funcionários do Cras ficaram impedidos de entrar na unidade até que a coordenação conseguisse um acordo com a manifestante.  De acordo com Iulná Almeida, coordenadora do Cras Benjamin Alves de Carvalho, as informações sobre essa família estão atualizadas e dependem de avaliação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).
“Esse problema de falta de uma das crianças na escola foi em 2011, mas a avaliação da família já foi feita e é só uma questão de tempo para ser solucionada. O MDS dá um prazo de três meses para essa avaliação cadastral. O que eu posso dizer é que uma parcela de R$ 230 já foi liberada para ela, mas o saque ainda não foi autorizado, vamos buscar o porquê disso”, explica Iulná. No entanto, o valor referente aos meses que o benefício ficou suspenso não será pago.
Diante da reivindicação de Íris, outros moradores da região também resolveram cobrar respostas sobre a suspensão do pagamento do Bolsa Família. Severino Leite da Silva, 44 anos, mora com a mãe e o companheiro dele e reivindica a volta do benefício que foi suspenso para ele há quatro anos. “Fiz o cadastro aqui no Cras, mas quando liga para Brasília diz que não fui cadastrado. Não posso sair de casa para trabalhar porque a minha mãe é doente e não dá para manter a casa com um salário mínimo que ela recebe que mal dá para comprar os remédios para ela”, argumenta Severino.
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Marina Silva acusa cartórios de rigor anormal na criação da Rede


À CBN, ex-senadora classificou como injusta a negação de 95 mil assinaturas para filiação ao partido.
Em entrevista exclusiva ao Jornal da CBN, ex-senadora afirmou que invalidação de 95 mil assinaturas foi injusta e sem justificativa. TSE ainda definirá criação do partido Rede Sustentabilidade. Para ela, dificuldade de criar partidos está principalmente na falta de estrutura dos cartórios.
Marina Silva também afirmou que não tem 'plano B', caso o Tribunal negue a criação da legenda. No entanto, o nanico PEN já ofereceu vaga para a acriana se candidatar a presidência em 2014.
Rede Sustentabilidade de Marina Silva pode não sair do papel (Crédito: Jorge William / Agência O Globo)Rede Sustentabilidade de Marina Silva pode não sair do papel
(Crédito: Jorge William / Agência O Globo)

Ouvir
?>

Leia mais: http://cbn.globoradio.globo.com/programas/jornal-da-cbn/2013/09/30/MARINA-SILVA-ACUSA-CARTORIOS-DE-RIGOR-ANORMAL-NA-CRIACAO-DA-REDE.htm#ixzz2gPWXUK1V


Professor Edgar Bom Jardim - PE

domingo, 29 de setembro de 2013

Gustavo Braz agradece no Facebook apoio do prefeito Miguel na III CEC


NOVOS TEMPOS PARA A CULTURA DE BOM JARDIM!
 
Foto:Edgar Severino dos Santos

Por Gustavo Braz
Enquanto poder público, o prefeito Miguel BomJardimiguel vem contribuindo para que a nossa população possa ter a garantia de seus direitos em relação à fomentação de políticas públicas para a cultura local.
Nesses últimos dias, 25, 26 e 27 de setembro, participamos da III Conferência Estadual de Cultura na cidade de Gravatá. É relevante mencionar que tivemos uma delegação composta por 15 pessoas, sendo 4 do poder público e 11 pela sociedade civil, fruto da nossa II Conferência Municipal de Cultura, realizada no dia 8 de agosto do ano em curso, a maior do Agreste Setentrional.
O resultado de todo isso, foi que conseguimos com muito esforço as únicas 2 vagas do nosso Agreste para Bom Jardim. Foi um trabalho fruto do diálogo, do companheirismo, da vontade de lutar por nosso povo e colocar nossa cidade em posição de destaque no Estado. 
No mais, quero agradecer ao nosso prefeito Miguel, que não mediu esforços para oportunizar a nossa delegação de 15 pessoas, tudo o que foi preciso em relação às condições econômicas, favorecendo uma excelente acomodação, transporte digno, uma vez que, muitas cidades do nosso estado ficaram de fora, em virtude do poder público municipal não dar importância à cultura de suas regiões, diferentemente do nosso prefeito Miguel. 
Acreditamos que estamos no caminho certo e junto com a sociedade civil, vamos realizar um excelente trabalho cultural, com o intuito de resguardar a nossa histórica, preservar o nosso patrimônio-cultural, valorizar os nossos artistas, artesãos, os grupos culturais diversos e por fim, fazer de nossa cidade o melhor lugar do mundo, para se viver e ser feliz.

Professor Edgar Bom Jardim - PE

Jakelyne de Oliveira é a nova Miss Brasil


Concurso aconteceu neste sábado (28) em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Ela venceu as finalistas dos estados da BA, MG, PR e SP.

Com informações do G1.
Professor Edgar Bom Jardim - PEMiss Brasil 2013, Jakelyne de Oliveira. (Foto: Carol Gherardi/Band)Miss Brasil 2013, Jakelyne de Oliveira. (Foto: Carol Gherardi/Band)
Jakelyne de Oliveira, é coroada Miss Brasil 2013. (Foto: Carol Gherardi/Band)Jakelyne de Oliveira é coroada Miss Brasil 2013.
(Foto: Carol Gherardi/Band)
A candidata do Mato Grosso, Jakelyne de Oliveira, de 20 anos, foi escolhida a Miss Brasil 2013 na noite deste sábado (28), em Belo Horizonte. Ela ganhou um vestido de gala e um carro zero km. Em novembro, a nova Miss Brasil vai representar o país no Miss Universo, que acontecerá em Moscou.
A miss Bahia, Priscila Cidreira, 22, ficou em 3º lugar, e a miss Minas Gerais, Janaína Barcelos, 25, em 2º lugar. Elas ganahram uma viagem para Riviera Nayarit, no México.
A final do concurso contou com as candidatas de cinco estados. Além de MT, BA e MG, estiveram perto do título as belas do  Paraná e de São Paulo.
A prova do Miss Brasil contém várias etapas de seleção até se chegar à grande vencedora. Entre as 28 concorrentes de cada estado, o júri técnico selecionou 14 delas, e internautas elegeram uma das concorrentes. Em seguida, um júri artístico escolheu 10 semifinalistas: Bahia, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe.
Conheça as dez semifinalistas do Miss Brasil 2013. (Foto: Carol Gherardi/Band)Conheça as dez semifinalistas do Miss Brasil 2013. (Foto: Carol Gherardi/Band)
Destas, cinco foram para a final, avaliadas pelos quesitos simpatia, inteligência e oratória. Cada uma respondeu a uma pergunta sorteada na hora. Depois, foram anunciadas as três finalistas e, então, a grande vencedora do Miss Brasil 2013.
As candidatas deste ano desfilaram em cinco trajes diferentes: típico, casual, biquíni, gala e maiô. Além de tentar controlar o nervosismo do desfile, elas tiveram que mostrar ginga em coreografias feitas no palco envolvendo bailarinos com trajes de gala. O concurso foi transmitido pela TV Bandeirantes.
Candidata do Espírito Santo, Deisiane Volpini, foi eleita a MIss Simpatia (Foto: Mister Shadow/Estadão Conteúdo)Candidata do Espírito Santo, Deisiane Volpini.
(Foto: Mister Shadow/Estadão Conteúdo)
Simpatia
As concorrentes elegeram a candidata do Espírito Santo como a Miss Simpatia. Deisiane Volpini tem 23 anos, nasceu em Viana e trabalha como modelo.
A representante do estado de Goiás ganhou o melhor traje típico. Veja as fotos das concorrentes.
Dez semifinalistas
Conheça as dez semifinalistas. Os nomes em negrito passaram para a final:
Bahia: Priscila Cidreira, 22 anos, estudante
Ceará: Mariana Vasconcelos, 23, designer de moda
Mato Grosso: Jakelyne de Oliveira, 20, modelo e estudante
Minas Gerais: Janaína Barcelos, 25, estudante
Paraná: Isis Stoco, 21, estudante

Pernambuco: Helena Rios, 20, estudante
Rio Grande do Norte: Cristina Alves, 24, advogada
Rio Grande do Sul: Vitoria Sulczinski, 21, estudante
São Paulo: Bruna Michels, 23, psicóloga
Sergipe: Lisianny Bispo, 20, modelo

sábado, 28 de setembro de 2013

Turista Russo é assassinado no Rio de Janeiro

Danshin Sergey Petrovich era estudante e passava férias no Brasil.
Ele saiu sozinho da casa onde estava hospedado com amigos.

Tomás BaggioDo G1 

Turista russo de 17 anos foi assassinado em Maricá, RJ (Foto: Romário Barros / Lei Seca Maricá)Turista russo de 17 anos foi assassinado em Maricá, RJ (Foto: Romário Barros / Lei Seca Maricá)
Um turista russo de 17 anos foi assassinado na madrugada deste sábado (28) em Maricá, no interior do Rio. Danshin Sergey Petrovich era estudante e passava férias no Brasil com mais quatro amigos e um professor. O corpo foi encontrado pela manhã em uma rua do bairro de Itaipuaçu.
Passaporte do turista morto em Maricá, RJ (Foto: Romário Barros / Lei Seca Maricá)Passaporte do turista morto em Maricá, RJ
(Foto: Romário Barros / Lei Seca Maricá)
As primeiras informações dão conta de que a vítima saiu junto com os amigos na noite de sexta-feira (27). Eles foram para um bar e, quando voltaram para a casa onde o grupo está hospedado, o rapaz saiu novamente, desta vez sozinho. A perícia ainda não foi concluída, mas, segundo policiais, a vítima levou pelo menos um tiro na cabeça. No bolso do rapaz foram encontrados um telefone celular, cigarros, um isqueiro e o cartão de crédito dele.
A embaixada da Rússia no Brasil foi comunicada do crime. O corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itaboraí.
Amigos do turista estiveram no local do crime em Maricá, RJ (Foto: Romário Barros / Lei Seca Maricá)Amigos do turista estiveram no local do crime em Maricá, RJ (Foto: Romário Barros / Lei Seca Maricá)

Professor Edgar Bom Jardim - PE

Eduardo Campos minimizou perdas do PSB no Ceará


Governador de PE afirmou que saídas no CE são fruto de disputa política.
Ministro da Integração disse que terá reunião com Dilma na segunda (30).

Katherine CoutinhoDo G1 PE.
Bezerra Coelho e Campos inspecionaram obra em Paulista. (Foto: Katherine Coutinho/G1)Bezerra Coelho e Campos inspecionaram obra em Paulista
(Foto: Katherine Coutinho/G1)
O presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, minimizou, neste sábado (28), a saída da executiva do partido no Ceará. Questionado se desfiliações - incluindo a do governador Cid Gomes, de prefeitos, deputados estaduais, federaise vereadores - seriam uma perda, o socialista foi enfático: “De forma nenhuma. Na verdade, você só perde o que tem”.
O governador deu a declaração após a inspeção das obras de contenção do mar na orla de Paulista, onde esteve acompanhado do ainda ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho. A cerimônia contou com fogos e banda na chegada das autoridades. “Havia uma disputa política e um conjunto venceu de forma muito expressiva esse debate. Nós tivemos uma votação na Executiva [nacional] com a presença dos governadores, com presença de prefeitos de capital, de bancada, uma votação unânime, o que deixou para um conjunto de uma seccional do partido uma situação que eles discutiram e resolveram deixar o partido. Fizemos isso com muita tranquilidade, com muito respeito com os companheiros que nos deixam”, apontou Campos.
Sobre o comentário do ex-ministro Ciro Gomes, que classificou a atitude do presidente nacional no processo de saída do grupo do governador Cid Gomes (CE) do partido como ‘canalhice’, o governador afirmou que é preciso “saber perder”. “Houve uma disputa política, nós ganhamos, eles perderam. A gente tem que saber ganhar. E quem não sabe ganhar, acaba não ganhando outra vez. Quem perdeu, tem que saber perder”, resumiu.
Campos e Bezerra pararam para tirar fotos e cumprimentar população. (Foto: Katherine Coutinho/G1)Campos e Bezerra pararam para tirar fotos e
cumprimentar população. (Foto: Katherine Coutinho/G1)
O governador reforçou que as decisões sobre a sucessão em Pernambuco devem ficar apenas para 2014 e garantiu não estar preocupado com a pesquisa divulgada nesta semana, em que aparece com 4% das intenções de voto na corrida presidencial. “Pesquisa é uma fotografia de um momento. Já vi muita gente ganhar pesquisa e perder eleição, perder pesquisa e ganhar eleição. É melhor ganhar eleição que ganhar pesquisa”, afirmou.

Ao lado de Eduardo Campos, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, reforçou seu compromisso com o PSB e afirmou abertamente que a sigla já pensa em 2014. “O PSB tomou a decisão de se apresentar com um projeto próprio para poder sensibilizar e ter o apoio na perspectiva do lançamento da candidatura presidencial.  Estou agora à disposição do partido”, explicou.
Bezerra Coelho afirmou que sua saída definitiva do ministério depende de uma conversa que deve ter com a presidente Dilma Rousseff na segunda-feira (30). Apesar de estar deixando o cargo, o ministro reafirmou o respeito pela presidente e também que pretende continuar trabalhando enquanto não entrega oficialmente o posto.
Romário
Campos lamentou que alguns políticos do Rio de Janeiro estejam afirmando não reconhecer Romário como o atual presidente do PSB no estado. “Toda a documentação foi encaminhada, lamento que tenha que se fazer esse tipo de disputa, mas não tenho mais nada a acrescentar. O debate político nós já travamos e agora é um debate no campo jurídico, e eu não sou advogado”, disse.
No caso do Ceará, uma comissão formada deve indicar a direção provisória da sigla já na próxima semana. O presidente nacional do PSB não adiantou o número de filiações feitas nos últimos 15 dias, mas espera ter um balanço até a quarta-feira (2).
Professor Edgar Bom Jardim - PE

Pernambuco define metas para Cultura. Bom Jardim terá professor Edgar Santos e Gustavo Braz na Conferência Nacional de Cultura

 Gravatá sediou a III Conferência Estadual de Cultura.

 Com o tema "Uma política de estado para a cultura: desafios do Sistema Nacional de Cultura", a conferência  reuniu mais de 500 representantes de todas as regiões de Pernambuco para definir metas e objetivos da gestão cultural no estado e nas cidades. 




O grande encontro realizou-se  nos dias 25, 26 e 27, em Gravatá. Os debates, palestras e propostas foram norteados e dinamizados em quatro eixos, que são: Implementação do Sistema Estadual de Cultura; Produção simbólica e diversidade cultural; Cultura e cidadania; e Cultura e desenvolvimento. Na plenária final, foram retiradas oito propostas prioritárias, que seguirão para a III Conferência Nacional de Cultura. Também na ocasião da Conferência Estadual foram eleitos os delegados que representarão o estado de Pernambuco na Conferência Nacional. 
Bom Jardim: Gustavo Braz, representará a esfera governamental da regional e o Professor Edgar Severino dos Santos foi eleito representante para Conferência Nacional de Cultura pela  sociedade civil  do Agreste SetentrionalDavi José P. de Lira, de Santa Cruz do Capibaribe, ficou com a segunda vaga da regional. 


Fotos:http://professoredgarbomjardim-pe.blogspot.com.br/










http://professoredgarbomjardim-pe.blogspot.com.br/
www.professoredgar.com
Professor Edgar Bom Jardim - PE